Antes que a lei atrapalhe

Redação

04 de agosto de 2009 | 07h29

Não é difícil explicar por que Lula aumentou em quase 10% o valor do Bolsa Família, quando a ideia da área técnica era a de corrigir o benefício pela inflação do período.

É que a AGU lembrou aos navegantes as críticas que o governo sofreu do Tribunal Superior Eleitoral em dezembro de 2007, véspera do ano eleitoral de 2008. Naquela ocasião, uma MP ampliou o benefício do Bolsa-Família da idade limite de 15 anos para jovens de até 17 anos.

Agora, anunciam o aumento seis meses antes, para não precisar mexer nos valores durante 2010.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.