Lavigne corrige Status

Sonia Racy

05 de novembro de 2012 | 22h19

A produtora Paula Lavigne, da Natasha Filmes, tentou hoje, no fim do dia, uma liminar judicial impedindo a revista Status de circular com entrevista sua. “Não falei à revista que fiz um aborto de namoradinho aos 16 anos de idade. Admiti, sim, um aborto, mas de Caetano”, explicou ela à coluna. Na edição de amanhã, a Direto da Fonte traz justamente este trecho da entrevista.

A Status diz desconhecer a liminar. Mas, em relação à entrevista de Paula Lavigne, a revista esclarece que “há um equívoco na versão enviada à coluna de Sonia Racy. Nela, foi acrescentada uma frase que não corresponde, literalmente, às declarações da entrevistada. Em função disso, a direção da Status, depois de rechecar com a repórter Karla Monteiro, que assumiu o equívoco, decidiu retirar da entrevista o referido trecho”. Mantendo a edição.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.