Lamúria

Sonia Racy

13 de junho de 2014 | 01h01

A pelo menos um amigo, Ricardo Teixeira se queixou, antes de voltar para Miami, de abandono, injustiça e perseguição. Disse que não quer mais saber de futebol e nem da CBF.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.