Laís Bodanzky será a nova presidente da Spcine

Sonia Racy

24 de fevereiro de 2019 | 01h05

Laís Bodanzky, que dirigiu filmes como Bicho de Sete Cabeças e Como Nossos Pais e acaba de rodar um longa histórico sobre Dom Pedro I com Cauã Reymond, aceitou o convite do secretário municipal de Cultura Alê Youssef para presidir a Spcine. A  transição foi alinhada entre o secretário e o atual presidente. Por mais de 10 anos, a nova diretora-presidente da empresa de cinema e audiovisual de São Paulo coordenou projetos sociais de audiovisual como o reconhecido Tela Brasil, que promove exibição itinerante de filmes nacionais.

Além disso, tocou um programa de educação audiovisual em várias comunidades pelo País e o Tela BR, curso de educação audiovisual a distância. “A Spcine é uma empresa bem constituída, saudável. E para mim e é uma honra receber esse convite para dar continuidade a um projeto tão importante para a cidade de SP”, afirma a cineasta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: