Ladrão e ocasião

Direto da Fonte

11 de junho de 2013 | 01h10

Quase 20% dos profissionais brasileiros admitem que furtariam valores consideráveis da empresa em que trabalham, dependendo das circunstâncias.

Dado de nova pesquisa sobre ética nas corporações, da ICTS, que será apresentada hoje no MAM, em SP.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.