Lá vem a noiva

Sonia Racy

22 de setembro de 2012 | 01h09

E sai a primeira leva de uniões estáveis entre homossexuais patrocinada pelo Estado. O Centro de Tradições Nordestinas será palco, sexta-feira, para troca de alianças de nada menos que… 32 pares de mulheres e 15 casais de homens.

Além da assinatura, os pombinhos participarão de ato ecumênico. Iniciativa inédita da Secretaria da Justiça.

Noiva 2

A cerimônia é aberta ao público. Jean Wyllys, deputado defensor da causa, foi convidado para ser padrinho de Priscila Pires, de 24 anos, e Kathrein Marrichi, de 30. “É muito bom conseguir ser igual a todo mundo, ter os mesmos direitos de um casal normal”, declarou à coluna, emocionada, Priscila.

Que já pensa em converter a união estável em casamento.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.