Paulo Galvão elogia atuação de ex-CEO da Klabin

Sonia Racy

28 Março 2017 | 00h55

Ex-patrão 

Paulo Galvão, presidente do conselho de administração da Klabin, é só elogios para o quase ex-CEO da empresa Fabio Schvartsman. “Lamentamos sua saída, depois de seis anos, mas entendemos que seu novo desafio é grande”, diz. O executivo assumirá a Vale, conforme antecipou o blog da coluna ontem.

Foi com o engenheiro que a Klabin construiu gigantesca unidade de R$ 8,5 bilhões no Paraná, que entrou em operação há um ano.

Ex-patrão 2

Galvão deseja boa sorte a Schvartsman e avisa: o processo de escolha de um novo CEO já está em curso.

Idade limite

Nesta troca de executivos há algo importante a se registrar: Fabio tem 62 anos e fará 63 antes de 2018. A idade para aposentadoria, na Vale, é de 65 anos.

Direto da Fonte

Se Maria Silvia Bastos, do BNDES, quiser procurar por quem está atirando contra ela… vai acabar no Planalto.

Tira-dúvidas

A Fecomercio entra em campo para esclarecer dúvidas sobre a reforma trabalhista. Lança, esta semana, campanha a favor da proposta que tramita no Congresso com o mote “modernização da CLT para evolução profissional”.