Justiça reconhece 168 novos anistiados e paga R$ 226 mi em indenizações

Sonia Racy

04 de novembro de 2016 | 09h52

O Ministério da Justiça, capitaneado por Alexandre de Moraes, reconheceu formalmente a condição de anistiado político para mais 168 pessoas e autorizou compensações financeiras que, somadas, ficam em torno de R$ 226 milhões.

Um grupo de 65 beneficiados receberá indenizações em prestações únicas, no valor total de R$ 5.165.600,00. Para outros 81 os valores serão pagos em prestações continuadas que totalizam R$ 194.496,97 mensais, mais pagamentos atrasados no valor somado de R$ 27.294.570,08.

Outras 22 pessoas tiveram o reconhecimento dessa condição, sem nenhum tipo de recompensa financeira.  

Tendências: