Justiça autoriza João Paulo Cunha a trabalhar

Sonia Racy

01 de abril de 2014 | 20h17

Juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal acaba de autorizar o ex-deputado João Paulo Cunha a trabalhar fora do presídio da Papuda. Ele já tem proposta de emprego em escritório de advocacia em Brasília. João Paulo cumpre pena de seis anos e quatro meses no sistema semiaberto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.