Jornalistas discutem em livro, um ano depois, o legado da Olimpíada do Rio

Sonia Racy

30 Julho 2017 | 01h40

Jamil Chade é um dos autores, com Theresa Williamson e Juliana Barbassa, de Rio 2016 – seu quinto livro, e primeiro a sair nos EUA. Os textos avaliam, um ano depois, o “legado” da Olimpíada brasileira.

Seu editor, Andrew Zimbalist, vai lançar o livro antes nos EUA porque em setembro Los Angeles concorre, com Paris, à sede da Olimpíada em 2024.