Jorge salva

Sonia Racy

16 de maio de 2013 | 01h04

A um dia do fim de Salve Jorge– é, a novela acaba amanhã – a secretaria de Justiça de SP atesta sua influência na população: aumentaram significativamente as denúncias de tráfico de pessoas.

Nos primeiros quatro meses do ano, cresceu 106% o número de pessoas traficadas para exploração sexual ou trabalho escravo, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Foram 124 vítimas entre janeiro e abril – 64 a mais do que em 2012.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.