Jogo rápido

Redação

22 de novembro de 2008 | 06h00

Um software especial enviado pela Safernet vai analisar, a partir da segunda quinzena de janeiro, os 18.330 perfis do Orkut que a Google enviou para a CPI da Pedofilia. Espera-se, com ele, mais rapidez no trabalho – na primeira leva, 25 pessoas demoraram dois meses para estudar um total de 3.261 perfis.

Do que se avaliou, uma conexão chamou a atenção dos investigadores: a de Dallas, nos EUA, com cidades do Nordeste. Além disso, apontou países como Espanha, Inglaterra, Alemanha e Índia. A Interpol vai entrar nessa briga.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.