JGP nega ter recebido informações antecipadas no mercado

Sonia Racy

22 Maio 2017 | 15h54

Texto alterado às 17h40 para correção de conteúdo

Em comunicado à praça, no final da manhã desta segunda-feira, a gestora de fundos JGP nega que o grupo tenha tido conhecimento antecipado sobre fatos políticos divulgados pela imprensa na quarta-feira passada e que por isso seus fundos tenham conseguido resultados positivos.  

Segundo o texto da JGP, o posicionamento de seus fundos multimercados “era conservador” com “visão mais pessimista” sobre a aprovação da reforma da Previdência” e não compartilhava “da euforia do mercado quanto à intensidade do ciclo de queda no mercado de juros”. Daí, ele aproveitou “o cenário de baixíssima volatilidade para originar estruturas de proteção do portfolio” que “se beneficiaram sobremaneira da explosão de volatilidade ocorrida no dia 18 passado”.

A JGP esclarece que não tem nenhuma ligação com a JBS. E avisa ainda que seus advogados “tomarão imediatamente medidas cabíveis para acionar judicialmente os autores das informações falsas circuladas”.