Janaína Paschoal afirma que João de Deus poderá continuar “trabalhando na prisão”

Sonia Racy

12 de dezembro de 2018 | 00h15

JANAÍNA PASCHOAL

JANAÍNA PASCHOAL. FOTO: ANDRE DUSEK / ESTADÃO

Janaína Paschoal usou suas redes sociais para condenar os abusos dos quais João de Deus está sendo acusado. “Não nego a importância do trabalho espiritual (…). Ele poderá seguir trabalhando na prisão, onde há muitas pessoas carentes de tratamento”, tuitou a deputada eleita.

Leia mais notas da coluna:
“Nem famílias visitam mulheres presas” 
Salles vai replicar, no ministério, medidas que tomou em SP