Convênio vai estimular maior presença de negros na diplomacia

Sonia Racy

11 Dezembro 2016 | 01h00

Alexandre de Moraes, da Justiça, autorizou convênio inédito com o CNPQ. Vão deflagrar, em parceria, programa de auxílio à preparação e incentivo a inclusão de negros e afrodescendentes em carreiras diplomáticas.

Começam com 20 bolsas de estudos.