“Italegal”?

Sonia Racy

05 de fevereiro de 2014 | 01h08

A CEF estaria tentando atrelar a liberação do empréstimo de R$ 400 milhões para a obra do Itaquerão à saída do Corinthians do fundo Arena FII, responsável pela administração do estádio.

Motivo: a Caixa, segundo bem informada fonte, quer evitar que os credores de R$ 145 milhões em dívidas trabalhistas e tributárias do clube consigam bloquear parte do dinheiro transferido ao fundo – o que é legalmente permitido, caso o Corinthians continue sócio.

Vale registrar que o Arena FII foi criado pela BRL Trust.

“Italegal”? 2

A exigência da CEF não havia chegado à diretoria do clube ontem, mas boa parte já se mostrava irritada por ter lido no DO do município a concretização da transferência do terreno do Itaquerão para a BRL Trust. “Nós somos os donos do estádio, não eles”, vociferou um conselheiro. (leia mais no caderno de Esportes)

É, a maré não está mesmo pra corintiano, não…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.