Iphan ‘reinaugura’ ampla área central de São Luís

Iphan ‘reinaugura’ ampla área central de São Luís

Sonia Racy

19 de dezembro de 2018 | 12h06

PRAÇA DO PANTEON, EM SÃO LUÍS. FOTO A. BAETA/SECOM SÃO LUÍS

Sergio Sá Leitão, ministro da Cultura, e Kátia Bogea, presidente do Iphan, participam neste sábado, 22, de uma “grande festa” em São Luís do Maranhão: a inauguração de ampla reforma que tomou duas praças centrais da cidade, a Deodoro e a Panteon, e várias quadras da principal via comercial da capital maranhense, a rua Grande, inteiramente renovada. Deve ser um dos últimos eventos públicos do ministro, que em janeiro assume a Secretaria de Cultura do governo Doria, em São Paulo.

O projeto demorou cerca de um ano, foi feito em parceria com a Prefeitura da cidade e custou R$ 20 milhões – mas a tarefa de requalificação continua nos próximos meses em áreas próximas, num custo total de R$ 36 milhões. A obra completa um ciclo de cinco anos de intervenções na cidade, que incluíram a restauração, entre outros, do Teatro Arthur Azevedo e do Palácio Cristo Rei.