Intolerância

Sonia Racy

28 de fevereiro de 2014 | 01h15

Suásticas e dizeres nazistas foram desenhados, ontem, sobre uma carteira em sala do primeiro ano do ensino médio do Rio Branco.

Indagado, o colégio informa já estar apurando o caso e que “repudia, veementemente, qualquer ato ou prática relacionada à intolerância, seja ela religiosa ou de qualquer outra ordem”.

Intolerância 2

Além do colégio, a mãe da aluna que se sentou à mesa pichada também acionou a Federação Israelita do Estado de São Paulo.

A ideia, segundo Ricardo Berkiensztat, da Fisesp, é propor iniciativa socioeducativa para explicar aos alunos o que foi o Holocausto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.