Internal affairs

Sonia Racy

30 de junho de 2012 | 01h02

Ao assumir a vice-presidência da CBF, ontem, Marco Polo Del Nero saiu em defesa de Ricardo Teixeira, que ainda recebe salário, agora como consultor da entidade. “Isso é assunto interno de uma empresa privada”, comentou a uma fonte da coluna.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: