Break

Sonia Racy

29 de julho de 2012 | 01h05

A correria pré-mensalão é tamanha que Luiz Fux abandonou projeto literário: desistiu de trabalhar durante o recesso, na atualização de livro jurídico de sua autoria, para se dedicar ao julgamento.

O ministro do STF só diminuiu o ritmo esta semana – tirou uns dias de descanso em Buenos Aires, com a família. Volta hoje a Brasília.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.