Inimigo ao lado   

Sonia Racy

21 Julho 2016 | 00h40

Não foi surpresa para boa parte dos acionistas privados da Sete Brasil o depoimento, ontem, de João Carlos Ferraz, ex-presidente da empresa, ao juiz Sérgio Moro. Ferraz contou em detalhes como o esquema de corrupção na Petrobrás foi replicado na SB.
Para pelo menos um acionista da empresa “isso prova que os executivos, em conluio com a estatal, se armaram para assaltar a Sete”. Ferraz e outros executivos estão sendo processados pela própria empresa.