Iniciativa privada doa carros para segurança no RS

Sonia Racy

21 de fevereiro de 2018 | 01h00

A iniciativa privada do Rio Grande do Sul resolveu agir e ajudar o sistema de segurança pública no Estado.

No dia 28 de março, o governo de José Ivo Sartori vai receber quase 50 veículos devidamente preparados com o logo da PM gaúcha, mais lote grande de equipamentos vitais para o bom desempenho da polícia – como pistolas, coletes à prova de bala, sistema de rádios e outros.

Esse esforço não vem só da insegurança nas ruas e de falta de recursos públicos. Ele é também resultado de 18 projetos de lei aprovados pela Assembleia estadual e sancionados por Sartori este ano.

Entre eles, um que inclui isenção de ICMS para compra de veículos e equipamentos e a criação de um Fundo Comunitário Pró-Segurança.

Violência foi menor 
do que em 2016

Pergunta: a violência está aumentando no RS? No ano passado, ela diminuiu em relação a 2106. De 17 indicadores analisados pela Secretaria de Segurança Pública, 14 apresentaram redução e três deles aumentaram.

Doação já aconteceu
no Rio de Janeiro

Vale registrar que esse tipo de doação privada não é coisa inédita no País.

Eike Batista contribuía com algo como R$ 30 milhões por ano em equipamentos destinados à segurança do Rio.

Leia mais notas da coluna:

Lewandowski é esperança de entidades que pedem HB para mães presas

Rial convida Rodrigo Maia e líderes para almoço na CNF

Tendências: