Infinito e além

Infinito e além

Sonia Racy

15 Setembro 2013 | 01h10

Foto: Arquivo pessoal

Ele empresta a voz para gente famosa, como Denzel Washington, Harrison Ford, Brad Pitt e Jim Carrey (esta dividida com o amigo Marco Ribeiro). Não à toa, o carioca Guilherme Briggs é um dos mais decantados dubladores do Brasil – seu último trabalho foi em Homem de Aço, no qual interpreta… o próprio. Natural para quem também responde pela versão brasileira do patrulheiro espacial Buzz Lightyear, da trilogia da Pixar Toy Story. “Às vezes, num restaurante, por exemplo, peço alguma coisa ao garçom e ele fica me olhando, pensando ‘eu conheço esse cara’”, conta, entre risadas. Aos 43 anos, Guilherme pode dizer que transformou em ganha-pão o que mais gosta de fazer na vida. “Desde pequeno, com meu pai, sempre criei vozes.” O talento natural explica o sucesso alcançado em 22 anos de carreira. Entre seus personagens preferidos, destaque para Yoda (com ele na foto), da série animada de Star Wars, Optimus Prime (de Transformers), o serelepe rei Julian (de Madagascar), Cosmo (de Os Padrinhos Mágicos), Daggett (de Castores Pirados) e Freakazoid. Próximos desafios? Ele pede desculpas, com a voz do Mickey (do qual é dublador oficial), e explica: “Meus contratos me impedem de comentar, mas garanto que vem coisa muito boa por aí”.