Indústrias com estrutura formal de sustentabilidade investem duas vezes mais na área, diz pesquisa da CNI

Indústrias com estrutura formal de sustentabilidade investem duas vezes mais na área, diz pesquisa da CNI

Sonia Racy

29 de outubro de 2021 | 02h30

Foto: Taba Benedicto/Estadão

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria feita com 500 executivos, entre os dias 13 e 22 deste mês, mostrou que médias e grandes indústrias que têm estrutura formal de sustentabilidade investem duas vezes mais nessa área que as demais.

A média anual de investimentos em sustentabilidade é de R$ 364 mil contra R$ 162 mil naquelas que não contam com área formal tratando do tema. O Sul é a região onde as empresas dão maior autonomia financeira para a área de sustentabilidade. Em segundo lugar aparece o Nordeste, seguido pelo Sudeste.

 Verde 

Marta Suplicy vai a Madri pleitear o título de Capital Verde para São Paulo. “Queremos notabilizar SP como vanguarda e contraponto à imagem de um Brasil do negacionismo à proteção do meio ambiente”, explica.

A secretária de Relações Internacionais representa o prefeito Ricardo Nunes na Assembleia Geral da União das Cidades Capitais Ibero-americanas, no dia 4. O reconhecimento é dado para as cidades que têm políticas de consolidação de áreas verdes e biodiversidade.

Gargalo

Zé Aníbal mostra trabalho no Senado, onde substitui José Serra. Ficou decidido que ele será relator da comissão de crise hidro energética instalada ontem. Já foi aprovado um primeiro requerimento do senador para ouvir Bento Albuquerque, o ministro de Minas e Energia. Aníbal, que acumula experiência na área de energia, é um dos nomes do PSDB para sair candidato ao Senado em 2022.

Aquecendo

São Paulo vai ganhar uma nova feira de arte no ano que vem. A ArtSampa terá direção geral de Brenda Valansi, sócia do evento em parceria com a Dream Factory, e está confirmada para o mês março na OCA.

 A feira, focada em arte brasileira, terá as galerias dentro da construção de Oscar Niemeyer, e uma série de eventos realizados ao ar livre, no Jardim do Burle Marx.

Vida em tela

Vencedor do In-Edit Brasil 2021, o documentário Aquilo que Eu Nunca Perdi, sobre a vida da cantora Alzira E, será exibido no dia 3 de novembro no In-Edit Barcelona. Na Espanha, a produção selecionada pelo Rumos Itaú Cultural, será seguida de um pocket show de Alzira.

Ela interpretará, além de seus sucessos, músicas inéditas, descobertas em seu acervo durante o processo de filmagem.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.