Índio não quer apito

Sonia Racy

10 de abril de 2013 | 01h05

Os índios que invadiram, domingo, o hotel de Armínio Fraga– a Fazenda da Lagoa, perto de Ilhéus, na Bahia – não se fizeram de rogados.

Convidaram o caseiro dos gerentes, Mucki Skowronski e Arthur Bahia, a tomar champanhe à beira da piscina.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: