Índice de confiança no governo deve cair

Índice de confiança no governo deve cair

Sonia Racy

22 de julho de 2017 | 01h00

MICHEL TEMER E DILMA ROUSSEFF

MICHEL TEMER E DILMA ROUSSEFF. FOTO: EVARISTO SÁ/AFP

Está para sair o Índice de Confiança Social do Ibope de 2016-17 – e a expectativa é que ele fique abaixo dos números da pesquisa anterior, de julho do ano passado. Motivo? A comparação de Dilma, em julho de 2015, com Temer em julho de 2016 constitui uma amostragem “fora da curva”.

Exemplos? A ex-presidente tinha 22 pontos em 2015 e seu sucessor, recém-empossado, conseguiu 30 em 2016. Pelo mesmo motivo, a confiança no governo dela foi de 30 pontos e o dele, 36.

Agora, as coisas devem vir bem piores para o sucessor.

Para os de fora

Foi bem-humorada a reunião ontem entre João Doria e Raul Jungmann na qual se decidiu que parte do Campo de Marte vai virar parque – conforme antecipou o blog da coluna. A aviação, hospital e manutenção continuarão funcionando normalmente.

Ao chegar atrasado, o ministro da Defesa entrou perguntando: “Se eu fosse secretário, de quanto seria a multa, prefeito?” Doria não titubeou: “800 reais!”. Três vezes mais do que os R$ 250 que ele cobra de seus secretários.

Data marcada

Será dia 7 de agosto a assinatura do contrato do Campo de Marte entre Defesa, Aeronáutica e Prefeitura.

 

Apagão

A Anatel convocou a Oi para explicar seu plano de reestruturação no dia 1.º de agosto. Mas não é apenas a Anatel que está no escuro. Os credores da companhia, que terão de aprovar ou reprovar o tal plano, também estão sem informações.

Tendências: