In memoriam

Redação

29 de outubro de 2008 | 06h00

Em clima emotivo, vencedores do Prêmio Bravo! lembraram Paulo Autran na noite de anteontem. Wagner Moura, sucessor do ator neste prêmio, agradeceu à mulher, a José Padilha… e a Autran. Já Arieta Correa chorou ao reviver a cena de Autran recebendo a estatueta no ano passado.

E foi do violoncelista Dimos Goudaroulis – que desbancou Antonio Meneses e Arnaldo Cohen na categoria música erudita – o discurso mais longo da noite.

Padilha, por sua vez, confirmou: vai produzir o Tropa de Elite 2 no ano que vem.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: