In memoriam

Sonia Racy

27 Junho 2011 | 23h08

Fernando Haddad ficou consternado com o falecimento de Paulo Renato de Souza, não só pelo respeito que um nutria pelo outro, mas pelo fato de o tucano ter defendido sua permanência no governo Dilma. Fará falta ao País.