In loco

Sonia Racy

07 de novembro de 2015 | 00h33

Além de se manifestar publicamente por meio de nota sobre a tragédia no conjunto de barragens no município de Mariana, em Minas Gerais, Murilo Ferreira, presidente da Vale, voa hoje até a região para avaliar o prejuízo.

E prestar solidariedade.