Imprevisto

Sonia Racy

28 de novembro de 2015 | 01h40

Sem poder contar com Delcídio Amaral como testemunha de defesa de João Vaccari Neto, o advogado Luiz Flávio D’Urso teve que sair correndo para achar outro petista para falar a Sérgio Moro. O escolhido foi o deputado federal Carlos Zarattini.

O senador estava convocado para depor anteontem.

Também para a quinta estava agendada uma visita do Delcídio ao Instituto Lula.