Impostômetro bate recorde de ‘faturamento’

Sonia Racy

21 Dezembro 2017 | 00h55

O impostômetro bate às 8 horas desta manhã seu recorde de “faturamento”, com R$ 2,1 trilhões recolhidos. Nas contas da Associação Comercial, ele deve virar o ano com R$ 2,170 trilhões.

Mais de 8% superior a 2016.

No  entanto, segundo dados da União, de Estados e municípios, a arrecadação só tem… caído.

Leia mais notas na coluna:

+ Sem prender réus da Lava Jato, Fachin fecha ano com Maluf

+ Vai Vai confirma patrocinador, homenageia Gil e mostra a fantasia para 2018