Igrejas e PF em alta no índice de confiança do Ibope

Igrejas e PF em alta no índice de confiança do Ibope

Sonia Racy

28 de julho de 2017 | 01h00

BOMBEIROS EM BRASÍLIA

BOMBEIROS EM BRASÍLIA. FOTO: DIVULGAÇÃO/CORPO DE BOMBEIROS

As igrejas, que subiram 5 pontos, e a PF, com mais 4, são alguns dos destaques entre as instituições que vão muito bem no Índice de Confiança Social 2017 divulgado ontem pelo Ibope Inteligência. Estão, respectivamente, com 72 e 70 pontos.

Num cenário em que a Presidência desabou (de 30 para 14) e perde até para partidos (que têm 17) e Congresso (com 18), a média do ICS se estabilizou, nesses 12 meses, entre 51 e 52 pontos. Com decisiva ajuda dos bombeiros, (83 pontos), mais Forças Armadas (68) e a mídia (61).

80% garantido

Dos R$ 5 bilhões em debêntures aprovadas pelo conselho de administração da Petrobrás, os bancos garantem R$ 4 bilhões. Os outros R$ 1 bilhão só se houver demanda.

A estatal recorreu ao mercado interno e a primeira tranche deve sair… logo.

Luz à vista?

Nessa dança arrastada das cadeiras entre Alckmin e Doria, o governador resolveu agir: subiu em uma escavadeira e removeu ele mesmo, essa semana, os últimos metros de terra no túnel que ligará os rios Jaguari e Atibainha.

“Está treinando para enxergar o fim do túnel”, observa Benedito Braga, seu secretário de Recursos Hídricos.

Na dianteira

São Paulo consome 33% de todos os cigarros contrabandeados que entram no País. No primeiro semestre, foram mais de 6 bilhões de cigarros vendidos.

Segundo o Movimento em Defesa do Mercado Legal Brasileiro, que divulga hoje os dados, grande parte dessa atividade está ligada ao tráfico de drogas e ao crime organizado.

Martelo batido

Francisco Costa e Andrea Dellal serão os mestres de cerimônia do Gala da Brazil Foundation – que este ano terá Lea T. como uma das homenageadas. Dia 13, no hotel Mandarin Oriental, em NY.