IASP antecipa pontos polêmicos do pacote anticrime de Moro

Sonia Racy

14 Fevereiro 2019 | 00h50

Comissão do IASP, presidida por Miguel Pereira Neto, já fez sua primeira avaliação do pacote anticrime de Moro, destacando dois pontos que vão criar polêmica: a prisão em segunda instância e a gravação de conversas entre advogados e clientes detidos.

Leia mais notas da coluna:
+ Entre Guedes e ministra, Bolsonaro tomou opção conservadora sobre leite
Nora de Lula vira alvo de cobrança na Justiça cível