Hugo França se refugia em Trancoso na quarentena e revisa trajetória

Hugo França se refugia em Trancoso na quarentena e revisa trajetória

Sonia Racy

27 de junho de 2020 | 00h35

HUGO FRANÇA – DENISE ANDRADE/ESTADÃO

Com o início da pandemia. Hugo França migrou com toda família para Trancoso, onde tem seu ateliê. E se surpreendeu: o isolamento social fez, segundo o artista, com que a cidade do litoral baiano voltasse ao que era nos anos 80. “Com número pequeno de pessoas circulando, a cidade assumiu velhos ares do bucólico vilarejo de antigamente, o mesmo que nos acolheu quando jovens, como eu, buscávamos uma vida próxima da natureza”. Esse flashback está fazendo com que ele reveja sua trajetória desde a criação, produção, exposições e feiras nacionais e internacionais. “Estou vivendo aqui um grande momento de reflexão sobre o passado”.

Tudo o que sabemos sobre:

Hugo França

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: