Hors concours 2

Redação

30 de junho de 2009 | 08h21

Mais tarde, no jantar-homenagem que Manuel Tavares, do Banco Luso Brasileiro, ofereceu à atriz, Orlando Silva quase roubou a cena, quando o anfitrião lhe “passou a palavra” enquanto o jantar era servido.

Os elogios que ele fez a Fernanda provocaram reação bem humorada: “É, o Orlando não é baiano à toa…”

Veja também:
mais imagensManuel Tavares pilota jantar em torno de Fernanda Montenegro

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: