Hora de brincar

Hora de brincar

Sonia Racy

12 de abril de 2015 | 01h10

Foto: Iara Morselli/Estadão

Camila Carneiro é publicitária, mas depois do nascimento de seu terceiro filho, em 2011, deixou o atendimento de lado para mergulhar de cabeça no universo infantil – há seis meses colocou no ar o e-commerce Mini Pop. “Como mãe, sentia falta de lojas de brinquedos lúdicos, que estimulem a imaginação das crianças, mas sem cair no bicho grilo”, conta. “Com o conceito ‘Ser Criança é Pop’ comecei uma curadoria que reúne desde brinquedos e fantasias a objetos de decoração”, explica Camila, que vende em seu site marcas como a francesa La Marelle. Para facilitar a vida das mamães, ela também organiza listas de aniversário.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: