Home, sweet

Sonia Racy

14 de dezembro de 2011 | 23h12

Quem quiser poderá comprar um apartamento na futura Vila Olímpica, no Rio, antes de 2016. E com desconto. Só que, para ocupá-lo, terá de esperar o fim do evento.

Pelo menos é essa a intenção da Ilha Pura, escolhida para construir o complexo. A empresa, recém-constituída, é fruto de parceria Odebrecht/Carvalho Hosken – gigante proprietária de terrenos e imóveis na Barra da Tijuca.[TEXTO] Em estágio avançado, o projeto conta com contrapartida da prefeitura carioca para fornecimento da infraestrutura necessária.

A Vila abrigará 17,5 mil atletas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.