Hit barrado

Sonia Racy

11 Fevereiro 2013 | 01h01

“Primeira música é fácil estourar, mas a consagração de um artista é na carreira, não numa música de sucesso.” Foi o que respondeu Latinoao ser perguntado se considerava Psy– autor do megassucesso Gangnam Style– um fenômeno. Há dois meses, a gravação de Despedida de Solteiro, sua versão para o hit, foi barrada pela gravadora do sul-coreano.

O carioca foi a maior atração da Feijoada do Amaral – sábado, no MAM do Rio. No mesmo dia, depois de levar o público ao delírio em Salvador, Psy aterrissava na Sapucaí. Latino não sabia e, dizendo não guardar ressentimento, queria até encontrá-lo. Mas a música não era certeza no repertório. “Não sei se vai dar tempo”, declarou à coluna. /MIRELLA D’ELIA E THAIS ARBEX