Hermano?

Sonia Racy

21 de novembro de 2012 | 01h20

Neymar, que levou o prêmio Puskas de mais belo gol em 2011, está de novo na briga. Só Muricy anda cismado: “Imagina se dá Messi, e logo com aquele gol contra o Brasil?”, disse à coluna.

O argentino também está na disputa. Mas fontes na Fifa garantem: ninguém tira a taça do colombiano Falcão Garcia.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.