Hedge literário?

Sonia Racy

18 de outubro de 2010 | 15h59

Depois de um hedge político – eleito deputado, favorecido pelos votos dados a Tiririca, tem agora imunidade parlamentar -, Protógenes Queiroz prepara livro sobre os bastidores da Satiagraha. Debruçado sobre duas propostas – ser entrevistado por um jornalista ou relato em primeira pessoa -, avisa: “Vou contar tudo com riqueza de detalhes”. Quer lançar o calhamaço em 20 de maio, data de seu aniversário.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: