Hedge a favor

Redação

18 de novembro de 2008 | 06h00

Com tanta incompetência no mercado financeiro, palmas para o governo do México. Ele fez hedge das suas exportações de petróleo de 2009, travando o preço do barril entre US$ 70 e US$ 100.

Ficou bem na fita. Só para comparar, o barril mexicano está hoje em US$ 45.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.