Hay que Endurecer?

Redação

31 de março de 2009 | 06h00

Não bastassem os conflitos comerciais que emperram o Mercosul, Brasil e Argentina arrumaram outro motivo para discutir: a construção, pelo governo brasileiro, de uma nova represa – a sexta – no rio Iguaçu. O projeto já está nas mãos da Neoenergia, produzirá 350 Megawatts e, em tese, fica pronto até fins de 2011.

É motivo novo para briga velha. Desde Itaipu, nos anos 70, os argentinos acusam o Brasil de manipular à vontade as águas dos rios da região. O problema deles é que o governo brasileiro não está fazendo nada ilegal.

O curioso da história é que a maior arma de Buenos Aires, no caso, é… o Ministério Público Federal brasileiro. Como também ele tem restrições, e está pedindo a suspensão da obra para entender melhor seu impacto ambiental, o governo argentino fez o mesmo: pediu ao Itamaraty cópia do estudo do Ibama.

A Argentina tem bons motivos para se chatear. O Parque Nacional do Iguazu recebe, atualmente, um milhão de turistas por ano.

Leia outras notas no blog da coluna Direto da Fonte

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.