Harvard estuda os Jogos do Rio

Sonia Racy

18 de abril de 2010 | 06h05

Joaquim Levy voltou dos EUA entusiasmado com o que Judith Long, professora de Harvard, vem fazendo a respeito da Olimpíada do Rio. Ela criou, este semestre, um “Brazil Studio” para estudar os projetos para 2016 e avaliar o legado dos jogos.

“Achei sensacional ver umas 30 pessoas estudando toda a proposta com aquela seriedade de universidade americana”, diz o secretário de Finanças do Rio.

“No grupo, ele discutiu os jogos “como parte de uma estratégia mais ampla”, que incluía segurança (as UPPs), transporte (trens mudando de patamar de qualidade), saúde e redesenho urbano”.