Covas quer frear discussão sobre composição de sua “nova” equipe

Sonia Racy

01 de dezembro de 2020 | 00h45

BRUNO COVAS. FOTO WERTHER SANTANA/ESTADÃO

O fato de Bruno Covas ter convocado reunião de secretariado ontem foi entendido como freio na disputa por cargos do seu segundo mandato. Nos bastidores, comenta-se que os secretários Rubens Rizek, Edson Aparecido, Vitor Aly e Fernando Chucre continuam nos postos.  

A capacidade de Wilson Pedroso, da campanha de Covas, foi considerada fundamental na reta final. Segundo aliados, a tranquilidade e longa amizade com o prefeito reeleito ajudaram e muito. 

Copo cheio 

Chico Malfitani,  da campanha de Boulos, comemora: “Foi a maior votação de um candidato da esquerda na capital  paulista desde 2012”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: