Há razão para Bolsonaro querer diplomata no MRE

Sonia Racy

08 Novembro 2018 | 00h55

Há uma razão para Bolsonaro ter decidido nomear diplomata de carreira para o cargo de ministros das Relações Exteriores, segundo fonte credenciada. O presidente eleito tem criticado a nomeação de civis para chefiar o Ministério da Defesa.

Portanto, acreditaria ser coerente escolher alguém de carreira do Itamaraty para ser chanceler.

Integrantes do Itamaraty apostam, entre si, que ele deve escolher uma mulher.

Leia mais notas da coluna:
Sobe cotação de ‘delegada da Lava Jato’ para chefiar PF
Guedes almoça com Ivan Monteiro no Rio