Há esperança?

Sonia Racy

25 de abril de 2014 | 01h00

Nos três meses de Paulistão 2014, exceto por dois conflitos em bairros distantes dos estádios, não houve registro de briga nas arquibancadas ou imediações dos locais das partidas.

Este e outros dados da campanha Bandeirinha da Paz serão divulgados hoje pela FPF. A ação foi da agência Wunderman.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.