Guerra é guerra

Sonia Racy

17 de outubro de 2013 | 01h05

O TJ-SP dá sinais de que dificilmente aceitará pedido do MP para rever a decisão que negou a prisão dos 175 denunciados por envolvimento com o PCC.

Por uma questão técnica: o mandado de segurança não seria a via adequada para se obter a prisão de alguém.

Guerra 2

Curiosidade: se o juiz responsável pelo caso seguir a letra fria da lei (o artigo 282 do Código de Processo Penal), terá de intimar todos os 175 suspeitos. E expedir mais de… 155 mil páginas – entre cópias da denúncia e do pedido de prisão – antes de decidir.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: