Greenpeace Brasil cobra medidas de adaptação climática após tragédia em Petrópolis

Greenpeace Brasil cobra medidas de adaptação climática após tragédia em Petrópolis

Direto da Fonte

17 de fevereiro de 2022 | 00h30

Morro da Oficina, em Petrópolis, após temporal que deixou mais de 50 mortos Foto: Wilton Júnior/Estadão

Ante os eventos de Petrópolis, que já chegavam ontem a 67 mortos, o Greenpeace Brasil trouxe ontem à luz um Plano de Adaptação Climática elaborado em 2018 no Rio. Ali já se dizia que tais catástrofes “são cada vez mais intensas e frequentes e temperaturas extremas podem no futuro ser até nove vezes mais frequentes”.

No entanto, as medidas sugeridas seguem sem ser implementadas, afirma Rodrigo Jesus, porta-voz do Greenpeace. A ONG lançou abaixo-assinado cobrando os governadores e dizendo que “é urgente decretar emergência climática!”.

Urgência

Pesquisador dessa área no Cemaden, ligado ao Ministério de Ciência e Tecnologia, Victor Marchezini diz que houve investimentos na rede de monitoramento pluviométrico na região serrana e na contenção de morros, mas não para habitação em áreas seguras. “Com o tempo, investimentos em prevenção foram reduzidos, equipes municipais foram trocadas”. E, acrescenta, faltou envolver moradores na feitura de planos de contingência.

 Discriminação

O número de denúncias por discriminação racial recebidas pela ouvidoria da Secretaria Estadual da Justiça tem subido de forma significativa. Pulou de 40 registros em 2020, para 155 em 2021 e neste ano já foram 54 denúncias em dois meses.

 O secretário Fernando José da Costa atribui o fenômeno a maior divulgação da existência dos canais de denúncia e ao fato de que o Estado pune administrativamente quem pratica discriminação racial.

Resgate em NFT

O maestro Jaime Alem, conhecido por seus 28 anos como diretor musical de Maria Bethânia, é o mais novo adepto dos NFTs (tokens não-fungíveis), a nova febre do mercado da música. A partir de 9 de março ele disponibilizará gravações raras, vídeos e registros dos anos 1970, em leilões online pela Kick off Music.

 2022 Erudito

Estão abertas as vendas para novos assinantes da temporada 2022 do Theatro Municipal. Serão onze óperas e quem adquirir um pacote assegura o seu lugar em seis espetáculos, entre eles Aida, Der Rosenkavalier e La Fanciulla Del West. A  programação sinfônica, em forma de concerto, conta com a ópera Pedro Malazarte e composições como Quatro Poemas de Macunaíma e A Serra do Rola Moça.

Tudo o que sabemos sobre:

petrópolisgreenpeaceNFTtheatro municipal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.