Grana preta

Sonia Racy

17 de abril de 2013 | 01h03

Quem pensa que o vencedor da licitação do Maracanã – o consórcio Odebrecht, IMX e AEG ganhou ontem uma etapa – vai se limitar a administrar o complexo, está enganado.

As regras ditam que ele terá de investir mais… R$ 800 milhões, tanto em melhorias no entorno quanto no próprio estádio. O complexo custou R$ 1,2 bilhão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: