Governo pode fazer novos leilões de áreas que Petrobrás não consegue assumir

Sonia Racy

21 Maio 2017 | 00h55

Confusão política à parte, a vida segue. A ANP está terminando acerto de contas entre Petrobrás e governo federal. Segundo o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, isso envolve a comprovação de reservas de áreas licitadas e cujos volumes exatos ainda não tinham sido legalmente comprovados.

Como a Petrobrás não tem recursos para bancar reservas que forem medidas a mais, algumas dessas áreas podem retornar ao controle da União. Que, por sua vez, poderá levá-las a leilão novamente.

Detalhe: com reservas já comprovadas, a arrecadação promete ser ainda maior.

Filme com Carolina Ferraz
fatura ‘melhor roteiro’ em Seattle

O filme A Gloria e a Graça – estrelado por Carolina Ferraz, com roteiro de Mikael de Albuquerque, ganhou no festival de Seattle o prêmio de melhor roteiro concorrendo com outros 400 filmes do mundo todo.

Wagner Moura apoia campanha
contra trabalhos forçados

Wagner Moura gravou vídeo oficial da campanha 50 For Freedom, lançada pela Organização Internacional do Trabalho no Brasil. A campanha tem como objetivo conseguir com que, pelo menos, 50 países ratifiquem o protocolo da OIT sobre trabalho forçado até 2018.

‘Fenômeno’ do Instagram
lança livro em agosto 

A Editora Paralela bateu o martelo. Vai publicar o livro de João Doederlein – poeta fenômeno do Instagram. O Livro dos Ressignificados sai em agosto na Bienal do Livro.

 

Adriane Galisteu adere
ao  ‘movimento greenk’

Adriane Galisteu mergulhou de cabeça e de coração no “movimento greenk”. Será madrinha do evento que reúne os aficionados por tecnologia antenados com o meio-ambiente, em junho, na Bienal do Ibirapuera.

‘Onda’ de brasileiros pedindo
a cidadania portuguesa 

Matéria no jornal português Expresso conta que só no Consulado de Portugal em SP 40 mil brasileiros obtiveram cidadania nos últimos 5 anos.

Ou seja, 28 por dia.